Mercado de condomínios logísticos fecha ano com queda nos preços em SP

Aluguel de Galpões em Condomínios Logísticos

O mercado de condomínios logísticos de alto padrão do Estado de São Paulo fechou o ano de 2016 com ligeira queda nos preços em relação aos valores praticados no terceiro trimestre, R$ 19,3 m² / mês ante R$ 19,9 m² / mês. As devoluções de áreas também mereceram destaque no período, já que apresentaram queda de cerca de 76% em relação ao terceiro trimestre, fechando em 68 mil m². Os dados são da Colliers International Brasil.

A absorção bruta foi menor do que a realizada no período anterior, fechando em 194 mil m². No acumulado de 2016, chegou a 1.055 mil m², número superior ao alcançado no total de 2015, que foi de 889 mil m². A região de Barueri foi a que apresentou maior absorção bruta, num total de 250 mil m², seguido por Jundiaí, 192 mil m². “Barueri possui uma localização privilegiada, assim como Jundiaí, cidade que se destaca no segmento de autopeças”, explica Paula Casarini, vice-presidente da Colliers.

Em relação à taxa de vacância, o índice do quarto trimestre foi de 27%, número um ponto percentual inferior ao apresentado no trimestre anterior. As menores taxas de vacância do Estado estão no Grande ABC (2%), em São Paulo (11%) e em Embu (19%). Sorocaba (49%), Vale do Paraíba e Ribeirão Preto (ambos com 47%) possuem as taxas mais altas.

Já os preços médios pedidos de locação mais elevados estão no Grande ABC (R$ 25,0 m² / mês), São Paulo (R$ 23,0) e Barueri (R$ 21,7). Os valores mais baixos são encontrados em Ribeirão Preto (R$ 16,3), Vale do Paraíba (R$ 17,0), Piracicaba e Campinas (ambos com R$ 17,1).

Aluguel de Galpões em Condomínios Logísticos de Alto Padrão foi publicado originalmente em Investimentos e Notícias, link: http://www.investimentosenoticias.com.br/financas-pessoais/imoveis/mercado-de-condominios-logisticos-fecha-ano-com-queda-nos-precos-em-sp

Comentários Sempre Imóveis Ltda:

Mercado de condomínios logísticos de alto padrão

Assim como em todo o Brasil os preços apresentaram queda no mercado de condomínios logísticos de alto padrão do Estado de São Paulo. Há uma oferta não absorvida em razão do momento econômico. Por outro lado, neste primeiros meses já há mais consulta e há tendências de uma absorção maior de metros quadrados o que deve elevar o preço a medida que os estoques baixem.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *