O que esperar dos preços de galpões no segundo semestre de 2017

Aluguel de Galpões logísticos

Uma pergunta é comum a proprietários e a ocupantes: Como ficaram os preços de galpões?  Tenho recebido alguns contatos sobre a minha percepção sobre a formação de preços para o segundo semestre e para o início do próximo ano. Antes de responder, faço algumas observações:

A primeira coisa que vem a minha mente é de que a minha bola de cristal continua embaçada. Ela vinha até melhorando, mas aí jogaram “carne no ventilador”, apareceram os irmãos Joesley e aí…

De qualquer forma, muito dos que perguntam querem respostas, entretanto quem arriscaria prever alguma coisa no Brasil? Diante destes questionamentos referentes aos preços dos galpões, eu aqui faço um parêntese, e me atenho somente a locação de galpões em condomínios logísticos.

O preço destes imóveis apresentou variação linear e positiva desde 2010, e estes números alcançaram variação superior a 45% até 2014, como se os valores passassem de R$ 15,00 m2 para R$ 22,00 m2 no período. Não vou aqui me ater a valorização do mercado imobiliário, ou aumento de custos do terreno e de construção, apenas ao preço.

Neste mesmo período o PIB brasileiro cresceu 16,92%. Entretanto entre, 2015 e 2016 o resultado somado do PIB foi de -7,37.  A previsão de alta 0,50 para 2017.

O IGP-M no período de 2010 até julho de 2017, foi de 68%.

Poderia listar outros exemplos, como dólar, inflação etc. Todos com variação diferente.

Preços de galpões no segundo semestre de 2017

Portanto qualquer previsão de retomada ou fixação de preços é mera expectativa. A formação de preços depende da regra básica da economia: Oferta e Procura. Repito o resto é expectativa.

Quem forma preço é mercado.  Podem haver questionamentos sobre taxa de retorno sobre investimentos, mas são expectativas.

Se me perguntarem; qual sua expectativa?  Minha expectativa é de que os preços se mantenham estáveis nos níveis ofertados atualmente, ainda com viés de queda nas negociações. Há muita oferta e as locações ainda não apresentaram crescimento que justificasse elevação dos valores ofertados.

Ou tem expectativa diferente?

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *